Tchau meu netinho querido!!

E hoje, véspera do dia da vovó, entreguei meu netinho aos pais depois de 10 dias com ele de férias. Mimos, passeios, delícias etc. Dormia ao meu lado num cafofo bem gostoso. Deixava-o dormir mais tarde e vendo desenhos na TV. Não sem antes escutar as estorinhas que vovô diariamente contava. Ele escolhia 4 por dia. Temos um grande acervo de estórias infantis. Vovô já contava para os filhos quando pequenos. Há quem diga que são estórias escabrosas, e pensando bem o são, mas não conseguimos fugir delas. Os livros são lindamente ilustrados e tanta coisa diferente aguça o imaginário deles. E podemos sempre tapear e ensinar algumas coisas. Bem, dormia com os anjos e nunca nos acordou. Xixi na cama? 1 vez somente. Depois aprendi a não oferecer líquidos depois do jantar e nunca mais aconteceu. Hei! mas se ele pedia claro que eu dava …

Acordava perto das 9:30 e eu, àquele horário já tinha me adiantado com todas as tarefas e podia me dedicar à ele. Tia Giulinha estava de mudança e então nossa casa estava cheia de malas e bagagens, bem animada. Muitos esconderijos e lugares pra bagunçar. Ninguém reclamava de nada. De tarde íamos todos passear na rua. Parque, zoológico, simba safari, passear de trem, parque de shopping e parques das redondezas. Amava o Burle Marx. Sempre tinha crianças para brincar e os cisnes para visitar. Compramos uma bicicleta pra ele depois de muito negociar. Queria muito uma motoca elétrica que dois amiguinhos possuem aqui no nosso prédio. Mostramos a importância de pedalar, que ela andava mais depressa etc e que sempre poderia trocar e diversificar a brincadeira. Topou e aproveitou muito.

Gabriel é o neto para o qual eu escrevi os dois livros “Socorro Vovó” . O primeiro das papinhas e o segundo das comidinhas. Mamãe Renata fez tudo direitinho e hoje com praticamente 4 anos, ainda come perfeitamente saudável e de tudo. Uma beleza!! Claro que agora a vovó já faz pães diferentes, bolos e biscoitos pra ele. Nada industrializado. Perfeito, tenho o maior orgulho. Os sucos são naturais e os refrigerantes nem lhes chama atenção. Muita água e sempre do filtro. Esta alimentação balanceada e saudável ele teve todos os dias. E o melhor…sem estresses…

Não percebemos nestes dias todos nenhum sinal de tristeza ou saudades de casa. Nosso carinho e amor foram maiores que tudo eu acho. Ele com certeza se sentiu aconchegado e querido. E aguentou até o fim curtindo tudo. Além de ficar conosco estes dias todos, veio da casa da Vovó Marisa onde ficou 15 dias e sei que ficou muito feliz por lá também. Mas hoje, esperando a mamãe e papai no aeroporto no portão de desembarque ele falou ” Vovó meu coração está doendo!!” Quase morri, que coisa mais linda… Era muita ansiedade. E ficou todo emocionado quando viu, parecia não acreditar.

E assim, passarei o dia da vovó sozinha. Só com o vovô o que já é uma delícia claro. E vou descansar muito pensando nos meus netinhos. Belinha está com o pai no Canadá. Vou ficar sem vê-la por 2 meses. Dói muito mas também sei que está feliz e que voltará  com saudades e nos curtiremos de novo. Estas idas e vindas acho que os ajudam a amadurecer sentimentos, lidar com diferenças em todos os âmbitos, serem mais sociáveis e aceitar mudanças com mais facilidade. Nada como viajar, conhecer outras vidas e hábitos. E sempre com pais, mães e avós se revezando. E viva estes papais e mamães que sabem dividir, compartilhar e confiar e nossa dedicação e amor. Amo todos vocês!!  Sou uma vovó extremamente feliz e cheia de orgulho.  Que todas vocês tenham sempre experiências maravilhosas também com seus netinhos. Amém….

Vovó Rita

2 comentários Adicione o seu

  1. Tereza bezerril disse:

    Parabéns querida vovó Rita, tão especial !
    Que coisa gostosa e ser vovó e poder reviver os momentos felizes que vivemos com nossos filhos . Como vovó posso ser mais livre pois não me cabe educar apenas respeitar os limites estabelecidos pelos pais. Também sou feliz pelos 5 netos e curto cada um muito carinho. Um grande beijo para todas as vovós

  2. Rita disse:

    Lindo texto!!! Não tenho palavra para agradecer todo o carinho, toda a atenção e toda a dedicação. Gabriel voltou feliz, animado e cheio de histórias das férias nas casas dos avós. Voltou mais falante do que nunca! Um bjo!!!
    Renata Gargioni

Deixe uma resposta para Rita Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *